informe o texto

Notícias | Polícia

Suspeito de matar modelo fisiculturista em MT é investigado e réu por violência contra mulher

Justiça decretou prisão do suspeito, mas ele ainda não foi preso e nem se apresentou. Rapaz confessou o crime e disse que a motivação teria sido uma briga antiga por causa de mulher.

13 Fev 2020 - 13:28

MT 40 GRAUS

Suspeito de matar modelo fisiculturista em MT é investigado e réu por violência contra mulher

Nicolas Jordani Pereira, de 26 anos, é suspeito de matar modelo fisiculturista em Rosário Oeste — Foto: Facebook


O jovem suspeito de assassinar o modelo fisiculturista Marcos Vinícius Pereira Pires de Camargo, de 22 anos, no último domingo (9) em Rosário Oeste, a 133 km de Cuiabá, também é investigado e réu por violência contra mulher em Mato Grosso.

Nicolas Jordani Pereira, de 26 anos, que trabalha como operador de máquinas, teve a prisão decretada pela Justiça de Mato Grosso na terça-feira (11), mas ainda não foi preso.


Modelo fisiculturista Marcos Camargo, de 22 anos, foi assassinado em Rosário Oeste — Foto: Facebook/Reprodução


Ele se apresentou na Delegacia da Polícia Civil da cidade, acompanhado de advogado, e foi ouvido durante a tarde de segunda-feira (10).

O rapaz confessou o crime e informou ao delegado que a motivação teria sido uma briga antiga, envolvendo um relacionamento do suspeito, e que em outras ocasiões houve provocações mútuas.

Depois de ser ouvido, ele acabou liberado por não estar mais em período de prisão em flagrante.


Modelo fisiculturista Marcos Camargo, de 22 anos, foi assassinado em Rosário Oeste — Foto: Facebook/Reprodução


Nicolas é investigado pela Polícia Civil pelo crime de lesão corporal contra uma mulher com quem ele tem um filho. Duas queixas foram registradas contra ele em 2018.

Já na esfera judicial, ele responde a um processo na Segunda Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Cuiabá.


Modelo fisiculturista Marcos Camargo, de 22 anos, foi assassinado em Rosário Oeste — Foto: Facebook/Reprodução


O rapaz virou réu em agosto de 2019 por prática de violência doméstica e familiar contra a mulher.

O processo ainda corre e está em fase de intimação do acusado e da vítima.

O caso
O crime ocorreu na madrugada de domingo no Centro de Rosário Oeste.

Testemunhas contaram à polícia que ouviram entre quatro a cinco disparos e logo em seguida um tumulto dos clientes.

Marcos foi baleado pelas costas e morreu antes de ser socorrido.

Uma segunda vítima, identificada como Isabelly Neves, de 17 anos, foi atingida no ombro e socorrida ao hospital de Rosário Oeste. A princípio ela foi vítima de bala perdida e não teria relação com o primeiro crime.

Marcos era bodybuilder, modelo, atleta e participava de campeonatos de fisioculturismo. Ele morava em Nobres, a 151 km de Cuiabá, cidade vizinha a Rosário Oeste. O rapaz foi vencedor do campeonato estadual de bodybuilder júnior em 2018. Fonte: G1-MT

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet