informe o texto

Notícias | Geral

Médica picada por cobra em MT tem alta hospitalar em SP e diz que está '100% curada e recuperada'

Dieynne Saugo estava internada no Hospital Albert Einstein desde 4 de setembro, quando foi transferida em estado grave do Mato Grosso, após ser atacada por uma cobra durante mergulho em uma cachoeira da cidade de Nobres.

18 Set 2020 - 17:22

MT 40 GRAUS

Médica picada por cobra em MT tem alta hospitalar em SP e diz que está '100% curada e recuperada'

Médica Dieynne Saugo — Foto: Instagram/Reprodução


A médica Dieynne Saugo, de 33 anos, que foi picada por uma cobra jararaca quando tomava banho em uma cachoeira de Nobres, a 151 km de Cuiabá, teve alta nesta sexta-feira (18) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ela se disse agradecida por ter conseguido se recuperar tanto dos ferimentos do ataque da cobra, quanto do quadro de Covid-19 que ela adquiriu durante a recuperação.

Em vídeo publicado nas redes sociais nesta sexta, Dieynne Saugo afirmou que está "100% curada e pronta para ir para casa comemorar".

"Acabei de receber alta hospitalar. Finalmente, com a graça de Deus, foi feita a decanulação e eu estou 100% curada e recuperada, para poder voltar para casa e comemorar essa vitória", disse a médica.

A decanulação é um processo que os pacientes que fizeram uma traqueostomia (pequena abertura na traqueia) são submetidos, para que voltem a respirar sozinhos pelos pulmões. Ao ser picada pela cobra nas regiões do rosto e do pescoço, a médica teve comprometimento da respiração devido ao inchaço e precisou de transfusão de sangue e também da traqueostomia para desobstruir as vias aéreas, que estavam comprometidas em 70%.

Dieynne foi picada pela cobra no dia 30 de agosto. Ela ficou internada em estado grave por uma semana e foi transferida para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, no dia 4 de setembro. No hospital da capital paulista, ela foi submetida a um teste de coronavírus, e o resultado foi positivo para a Covid-19.

"Gente do céu!!! Que susto foi esse?! 😱Cês já tão tudo sabendo né? A cobra 🐍 me picou (foram 3 picadas) e quase me mandou pro céu! Fiquei 9 dias na UTI, conversei muito com Deus, melhorei minha intimidade com ele e quando pedi uma resposta para tudo isso que estou passando, ele me disse: 'Fique em paz minha filha, ordenei uma equipe de anjos pra te salvar! Não se esqueça da sua missão e do seu propósito de vida! Siga firme e forte na FÉ!' E assim eu sigo: alimentando minha fé e já agradecendo pela minha vitória, porque em nome de Jesus eu JÁ ME SINTO VITORIOSA!", postou a médica em uma rede social ao sair da UTI do hospital em SP.

Com o texto de agradecimento, a médica publicou uma foto em que aparece sorrindo e deitada na cama do hospital, com o braço enfaixado. Na imagem, é possível ver a traqueostomia que ela foi submetida.

Em um vídeo publicado na mesma rede social, a médica disse dias depois que era "a prova viva de que milagres existem". Segundo ela, foram três picadas da jararaca. Antes, a equipe médica havia divulgado a informação de que foram duas picadas, ambas nas regiões do rosto e do pescoço.


Médica picada por cobra em cachoeira de MT agradece recuperação no Hospital Albert Einstein em SP — Foto: Reprodução

Relembre o caso
Dieynne tomava banho com amigos na Cachoeira Serra Azul, em Nobres, durante um passeio no domingo (30), quando a cobra despencou com a queda d’água da cachoeira e atingiu a vítima. Ela foi picada duas vezes, no rosto e no pescoço.

No momento em que ocorreu o incidente, uma amiga gravava um vídeo no local e acabou registrando quando ela se assusta com o animal e grita ao ser picada.

Ela deu entrada no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) vomitando sangue e com edemas. Após receber o soro antiofídico, ela foi encaminhada ao Complexo Hospitalar de Cuiabá — posteriormente, a família optou pela transferência para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O local em que ocorreu o incidente fica a mais de 150 km do hospital. Foram cerca de 3 horas até chegar até a unidade de saúde para a aplicação do soro.

Em nota, o Parque Sesc Serra Azul, responsável pela atração turística, informou que a equipe de saúde da pousada foi chamada imediatamente, deu todas as orientações e está acompanhando o caso desde então.

Fonte: G1-MT

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet