informe o texto

Notícias | Política

Presidente do PTB critica Emanuelzinho: "Tão jovem, tão canalha"

Deputado de MT foi alvo de Roberto Jefferson, que escreveu carta atacando "conspiração" na sigla

25 Out 2021 - 09:37

MT 40 GRAUS

Presidente do PTB critica Emanuelzinho:

O presidente licenciado do PTB, Roberto Jefferson, que criticou Emanuelzinho, no detlahe

Foto: Folhapress/MidiaNews


O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), que cumpre prisão preventiva no Presídio de Bangu 8, no Rio de Janeiro, atacou o deputado federal Emanuelzinho (PTB), em uma carta (confira a íntegra abaixo) em que pede licença por tempo indeterminado da presidência nacional do partido. 

Emanuelzinho é um dos parlamentares da sigla que ingressaram com pedido na Justiça pedindo o afastamento de Roberto Jefferson da direção alegando uso indevido do fundo partidário e ataques feitos ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Na carta de 10 páginas, datada de sexta-feira (22), o agora ex-presidente do PTB dispara críticas aos adversários internos, a quem acusa de formar um “grupo conspiratório”. 

Sobre o parlamentar de Mato Grosso, Jefferson destaca, em tom pejorativo, o diminutivo do seu nome – em referência ao pai, o prefeito afastado de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) – e o acusa de ser um “canalha”. 

A crítica do presidente licenciado, inclusive, se estende ao prefeito, usando a expressão “árvore ruim, fruto ruim”. 

“Quanto ao Emanuelzinho, é zinho mesmo. Quero lembrar uma passagem bíblica: os frutos revelam a árvore. Árvore ruim, fruto ruim. Quem sai aos seus não degenera”, disparou. 

“O Zinho Emanuel, sempre que testado dissimulou; sempre que dissimulou, mentiu; sempre que mentiu, traiu um compromisso conosco. Uma pena, tão jovem, tão canalha”, criticou. 

Veja fac-símile do trecho:

 

“Racha” no PTB
Na carta em que pede licença do cargo, Roberto Jefferson afirma que não pode assinar documentos com a agilidade necessária e que é preciso para o partido ter um presidente mais próximo da gestão, razão pela qual transmitiu as funções para a sua vice, Graciela Nienov.

No documento, ele diz que a vice tem apoio da quase totalidade do diretório e da maioria dos presidentes regionais, “à exceção de Alagoas e Mato Grosso”, e convoca os filiados à luta. 

A ideia de Jefferson é que todos os presidentes assinem uma contestação em sua defesa e apresentem na Convenção Nacional do partido para mostrar "à justiça a verdadeira e real representação”. 

“Vamos enfrentá-los na justiça e na Convenção. [...] Mostraremos à justiça a verdadeira e real representação. [...] A Convenção Nacional fará uma nova composição de forças. Assim sepultaremos veleidades e arrivismos”, afirmou.

Roberto Jefferson foi preso em agosto por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do inquérito que trata dos atos chamados antidemocráticos convocados para o dia 7 de setembro. 

Outro lado
A reportagem tentou falar com o deputado Emanuelzinho por meio de seu telefone celular. As ligações caíram na caixa postal. 

A sua assessoria de imprensa ficou de localizá-lo e mandar o seu posicionamento sobre os ataques de Roberto Jefferson.



Fonte: MidiaNews

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet