informe o texto

Notícias | Política

Janaina vê chances de aproximação entre Prefeitura e Governo

Deputada avalia que prefeito interino pode ajudar a destravar pautas importantes na Capital

25 Out 2021 - 09:40

MT 40 GRAUS

Janaina vê chances de aproximação entre Prefeitura e Governo

A deputada estadual Janaina Riva, que comentou sobre operação que afastou prefeito de Cuiabá do cargo

Foto: JLSiqueira/ALMT


A deputada estadual Janaina Riva (MDB) avaliou que o prefeito interino José Roberto Stopa (PV) pode aproveitar a oportunidade que recebeu após o afastamento de Emanuel Pinheiro (MDB) do cargo para pavimentar uma aproximação da gestão municipal com o Governo do Estado, em prol de Cuiabá. 

Em entrevista à Rádio CBN Cuiabá, a emedebista afirmou que, por não ter “chumbo trocado” com o governador Mauro Mendes (DEM) como o seu correligionário possui, é possível “destravar” pautas importantes para a Capital. 

“Espero que o Stopa possa se aproximar mais do Governo em prol de Cuiabá. Temos tantas pautas importantes a serem resolvidas e que não foram por causa de problemas políticos, como, por exemplo, essa questão do BRT x VLT”, avaliou. 

“Acredito que dê sim para trabalhar uma aproximação. Tem muita pauta importante e Cuiabá tem que andar, não pode parar”, completou.

 Para Janaina, pode ser que Stopa queira aguardar um pouco para fazer alguma movimentação nesse sentido por cautela, em razão da espera pelo resultado do recurso impetrado por Emanuel na Justiça. 

No entanto, caso o afastamento perdure, a parlamentar acredita que o prefeito interino possa trabalhar em parceria com o governador, inclusive em razão de já ter sido secretário de Mendes na Prefeitura de Cuiabá e possuir uma relação anterior com o democrata. 

“Vejo também que ele entra no cenário político ‘descontaminado’. Porque nós que estamos hoje no cenário político temos vários embates do passado, rusgas. O Stopa não tem isso. Politicamente ele ainda tem uma folha em branco a ser escrita”, analisou 

“Ele tem muitas possibilidades. Basta saber se ele vai abraçar essas oportunidades que tem para fazer a diferença enquanto prefeito, mesmo que interino, da Capital. Condições para isso ele tem, porque não possui tantas complicações de relacionamento como o Emanuel”, concluiu. 

Afastamento
Emanuel Pinheiro foi afastado do cargo na última terça-feira (19) por determinação judicial, durante a Operação Capistrum, deflagrada pelo Ministério Público Estadual em parceria com a Polícia Civil. 

Ele, assim como a primeira-dama Márcia Pinheiro e outras três pessoas foram alvos de mandados de busca e apreensão e sequestro de bens até o montante de R$ 16 milhões, que seria o prejuízo causado ao erário.

O chefe de gabinete do prefeito, Antônio Monreal Neto, também investigado, chegou a ser preso. 

A Operação Capistrum apura contratações temporárias ilegais na Saúde, com pagamentos de "prêmio saúde” que variavam entre R$ 70 e R$ 5,8 mil, para acomodar e atender compromissos de aliados políticos, principalmente vereadores.



Fonte: MidiaNews

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet