14 de agosto de 2022
Cotidiano Destaques

Após operação, governador afirma: “Acredito e confio na PM

O governador Mauro Mendes (União Brasil) comentou pela primeira vez, na noite desta sexta-feira (1º), sobre a Operação Simulacrum, que prendeu 64 policiais militares suspeitos de simularem confrontos para cometerem execuções na Grande Cuiabá.

 

Durante o evento para troca de comando da Corporação, o chefe do Executico disse que crê e confia na Polícia Militar de Mato Grosso.

 

“Eu confio na PM, nas nossas forças de segurança, e tenho certeza que tudo haverá de ser esclarecido”, disse.

 

Eu confio na PM, nas nossas forças de segurança, e tenho certeza que tudo haverá de ser esclarecido

 

Os militares alvos da operação são, ou já estiveram lotados, nos batalhões Rotam, Bope e Força Tática do Comando Regional, unidades especializadas da PM. Um civil também foi preso.

 

Questionado se a operação manchava o trabalho da PM no Estado, Mendes afirmou que não conhece detalhes da investigação, mas que “conhece muito bem a Polícia Militar do Estado”.

 

“E eu vi hoje na imprensa o currículo dos meliantes que foram vítimas nessas ações. Então, eu continuo acreditando nos nossos militares e nas forças de segurança”, concluiu.

 

Ficha na polícia

 

Registros oficiais revelam que 23 dos 24 suspeitos mortos pela Polícia Militar, entre 2017 e 2020, possuíam extensas fichas criminais.

 

Ao todo, são mais de 200 crimes cometidos nos últimos anos, como homicídio, roubo, tráfico de drogas, corrupção de menores, porte ilegal de arma e associação criminosa, entre outros.

Fonte: Mídia News

Posts Relacionados

Deixe uma resposta