25 de junho de 2022
Cidades Destaques

Família de homem atropelado acusa descaso e pede doações

Atropelado no sábado (23), em Cuiabá, o empreendedor Venício Contardi Penha, 27 anos, fraturou diversos ossos e teve o pulmão perfurado. A esposa do jovem, Ludymila Fonseca Passi, acusa negligência por parte do responsável pelo atropelamento de seu marido, identificado como J.R.F., e pede ajuda para manter a família durante o período de internação.

 

Segundo o boletim de ocorrência, o acidente foi registrado por volta das 18h de sábado, momento em que a motocicleta pilotada por Venício foi atingida pelo Ônix dirigido por J.R.F., que estava bêbado no momento da batida.

 

Ao portal GD, Ludymila relatou que se mudou para Cuiabá há alguns meses junto a Venício e sua filha de 5 anos e disse ainda que a principal fonte de renda da família ficou prejudicada com o acidente, que tem rendido diversos gastos.

 

Além disso, Ludymila afirmou que o responsável pelo atropelamento não apresentou qualquer tipo de ajuda até o momento, tendo se manifestado apenas sobre o conserto da motocicleta que Venício pilotava no momento da batida.

 

Conforme apontado por Ludymila, Venício está internado no Hospital Municipal de Cuiabá e, segundo relatório médico, teve o pulmão perfurado, 3 costelas quebradas, um osso da coluna fraturado e o tórax quebrado.

 

Procurado sobre o caso, J.R.F. não se manifestou sobre a situação. Contudo, um parente próximo afirmou que a família encaminhou a motocicleta do empreendedor para o conserto e se mobilizará para prestar auxílio a Venício.

 

Quem quiser ajudar a família do empreendedor, o telefone de contato de Ludymila é o (66) 9.9715-7045.

Fonte: Gazeta Digital

Posts Relacionados

Deixe uma resposta