25 de junho de 2022
Destaques Política

Mendes fala sobre clima, preservação ambiental e futuros desafios para produzir alimentos

Em evento de aniversário de 46 anos de Alta Floresta (a 789 km de Cuiabá), o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União), falou das ações do governo voltadas pelo Meio Ambiente e destacou os investimentos de mais de R$ 240 milhões repassados ao  município.

_“As coisas já melhoraram muito, temos muitos desafios. Imaginem a surpresa de quem não conheceu a região há 30 anos, 40 anos ou 50 anos atrás. Esta região era isolada, tudo muito difícil, era preciso luta e coragem. Era tempo de sofrimento, mas de  muita determinação para que pudesse chegar até este momento. Esse canto do nosso país, Estado chamado Mato Grosso já é o maior produtor de grãos do nosso país, vamos ser a maior região do planeta, o Estado que produzirá alimento para o mundo e dar exemplo de como preservar o Meio Ambiente”, exaltou Mendes, durante feira tecnológica.

Não existe na face desse planeta, nenhuma região que produza tanto como nós produzimos e tem tanta coisa preservada

 

Mauro ressaltou que Cuiabá enfrenta um frio na faixa dos 9 graus para chamar atenção para o desafio climático. Ele alerta que a população do mundo precisa se preparar.

_ “Ao redor do planeta todos os dias você vê sinais claros que esse clima está mudando. Então esse é um desafio que nós vamos ter que enfrentar, essa economia chamada de baixo carbono. Isso vai mudar muito o jeito de produzir, o jeito de consumir e o próprio jeito de sobreviver e viver nesse planeta terra. Será um desafio e temos que nos preparar, quer queira quer não esse desafio vai chegar na porta de todos nós”, alertou.

Sobre o desafio de produção de alimentos, Mauro apontou que a projeção para daqui a 20 anos ou daqui a 2050, o planeta terá 10 bilhões de pessoas. Segundo o governador, o consumo de alimentos vai subir mais de 20% nos próximos 10 anos.

“Algumas regiões do planeta, o mercado Asiático e da Índia crescem muito e consomem muito. Existe um estudo americano que comprova que a única região do planeta que pode aumentar sua produção substancialmente de alimentos é o Brasil. O único país que pode crescer sua produção mais que 20%, pode chegar a 40% é o Brasil, é o único lugar do Brasil que pode dobrar 100% sua produção chama-se Mato Grosso”, destacou o governador.

INVESTIMENTOS – Para a infraestrutura, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) destinou R$ 113,3 milhões. Uma das principais obras em Alta Floresta é a recuperação de 87,3 km da MT-206/208, entre o município e Paranaíta. Com investimento de R$ 57,9 milhões, a obra está na fase de licitação.

Outro trecho que vai passar por uma restauração são 90,2 km da MT-208, entre Alta Floresta e Cotriguaçu. No total, estão sendo investidos R$ 31,6 milhões. O Governo já autorizou a contratação de uma empresa para executar a obra.

Já outra ação importante em andamento é o asfaltamento de 20,34 km da MT-325, na região da Escola Rural, no valor de R$ 19,6 milhões. Também nessa rodovia há a construção de uma ponte de 550 metros sobre o Rio Teles Pires avaliada em R$ 22 milhões.

Por meio de convênios que totalizam R$ 12,9 milhões, há também a recuperação de 260 ruas e avenidas do município, em bairros como Renascer, Boa Nova e o Loteamento Alvorada, além da construção de 213 casas.

Máquinas – A Secretaria de Estado de Agricultura familiar (Seaf) realizou a entrega de um caminhão refrigerador, duas patrulhas mecanizadas (trator case 110, carreta basculante e grade aradora), um secador rotativo para café, nove tanques resfriadores, três ordenhadeiras mecânicas, 500 doses de sêmen bovino, 500 toneladas de calcário e 60 caixas de mel.

Fonte: Vgn Notícias

Posts Relacionados

Deixe uma resposta