28 de junho de 2022
Destaques Política

Sem homologação de Bivar, Mendes reitera apoio a Bolsonaro na disputa presidencial

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União) reiterou em entrevista à imprensa nesta terça-feira (24.05), que defende a reeleição do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) com apoio do União Brasil. Ele destacou a “pluralidade” do partido para relatar que espera as convenções confirmarem a candidatura à Presidência da República, do deputado federal Luciano Bivar, pelo União Brasil.

“Eu já disse em outras oportunidades e repito aqui, que todo partido tem o direito de colocar pré-candidaturas, uma pré-candidatura é uma coisa, outra coisa é a candidatura homologada em uma convenção, e até lá o partido é um espaço plural, democrático onde todos têm o direito e o dever de manifestar suas ideias e pensamentos. Defendo no União Brasil que possamos caminhar com a candidatura do presidente Jair Messias Bolsonaro”, declarou Mauro.

 

A declaração foi após o deputado federal e atual presidente do União Brasil, Luciano Bivar, marcar para 31 de maio o lançamento oficial de sua pré-candidatura à Presidência da República, em evento no Centro de Convenções, em Brasília.

Até a convenção, o União Brasil é um espaço plural e democrático

Questionado se há espaço para uma terceira via competitiva, Mauro lembrou das eleições 2018, em que o presidente Bolsonaro estava totalmente desacreditado: “Olha, não dá para dizer que não tem espaço, se a gente olhar para um passado não muito distante há quatro anos nesta mesma época muita gente duvidava que o presidente Bolsonaro iria ganhar e ele ganhou e hoje é o presidente do Brasil.”

Para o governador, a acessibilidade da população aos meios de comunicação e as redes sociais contribuem para mudanças no cenário eleitoral, atualmente polarizado entre os pré-candidatos à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro: “As redes sociais ela permite uma comunicação muito rápida e o eleitor está muito autônomo. Então como isso existe e é uma realidade, é possível sim, mudanças de cenário, desde que tenha nomes que represente algo, que vá ao encontro daquilo que o cidadão brasileiro deseja. Caso não aconteça, vamos realmente ter uma polarização como está posta.”

Já sobre a visita da pré-candidata à Presidência da República, a senadora Simone Tebet (MDB), Mendes definiu como cordial. “Uma visita rápida, em função da agenda dela e da nossa também. Ela falou um pouco do projeto que ela está buscando e eu respeitosamente a recebi, como recebi outros pré-candidatos”, encerrou.

Posts Relacionados