13 de agosto de 2022
Destaques Policial

GCCO flagra uniformes da Energisa em poder de criminosos

Após a prisão de dois suspeitos flagrante na quinta-feira (23), em Cuiabá, a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) localizou na casa de um acusado foi encontrado unirformes usados por prestadores de serviço da concessionária de energia em Mato Grosso, Energisa.

Os dois foram presos inicialmente por furto na concessionária Yamaha. Eles foram autuados pelos crimes de tráfico, associação para o tráfico, receptação e posse ilegal de munições. Nas residências onde foram detidos, os policiais civis apreenderam também roupas e acessórios furtados de uma loja de motocicletas, além de outras peças masculinas possivelmente produtos de outro crime.

Além dos dois acusados de 23 e 21 anos presos, a Polícia Civil deteve também uma mulher de 51 anos no bairro Lixeira, na em Cuiabá. Na casa, funcionaria um ponto de tráfico de drogas e onde estava parte dos produtos levados da concessionária de motos.

A equipe da GCCO iniciou as diligências após receber o registro da ocorrência de um furto a uma concessionária de motocicletas, localizada no bairro Bandeirantes, na madrugada do dia 22 de junho. Suspeitos arrombaram o vidro do local e levaram três capacetes e duas jaquetas motociclísticas, materiais avaliados em mais de R$ 7,8 mil.

Em diligências, os investigadores localizaram no bairro Lixeira com dois suspeitos com um dos capacetes furtados. Na residência deles foram localizados outros produtos no interior da casa, como drogas, balanças e uma pistola com 11 munições, além de diversas peças de roupas masculinas todas etiquetadas e novas, possivelmente produto de crime.

Detidos, os dois suspeitos confessaram que em outra residência no mesmo bairro estavam os produtos furtados da concessionária na noite anterior. Ao chegar ao local, o suspeito havia fugido e a equipe foi atendida pela mulher que disse apenas locar um cômodo para o rapaz, omitindo em dizer que seria avó dele.

Em buscas no quarto, após autorização da moradora, os investigadores apreenderam munição de calibre 9mm, duas jaquetas e um capacete motociclísticos, todos do furto à furto concessionária da Yamaha. Na casa também havia uma balança de precisão e outros apetrechos utilizados para o tráfico de drogas, um simulacro de pistola, além dos uniformes usados por prestadores de serviço da concessionária de energia.

Após a apreensão dos materiais, a dona da casa confirmou ser avó do suspeito e no quatro dela a polícia encontro foram localizadas mais munições de calibre 9mm. Ela foi conduzida à GCOO, onde foi autuada em flagrante por posse ilegal de munições e terá fiança arbitrada.

 

Fonte: Gazeta Digital

Posts Relacionados

Deixe uma resposta