14 de agosto de 2022
Destaques Política

Fávaro trai Mendes, que cita: “A ingratidão é algo que machuca”

Como já era esperado nos bastidores, o senador Carlos Fávaro (PSD) traiu “formalmente” o governador Mauro Mendes (União). Ele declarou apoio à candidatura de Márcia Pinheiro (PV), esposa do prefeito Emanuel Pinherio (MDB), ao Governo.

Em um post nas redes sociais, Fávaro declarou apoio ao ex-presidente Lula (PT), a Márcia e ao deputado federal Neri Geller (PP), pré-candidato ao Senado.

Mendes reagiu à “facada nas costas” no programa Resumo do Dia, de Roberto França: “Eu fico chateado, fico triste. É uma ingratidão, ajudei muito ele e, aí, na primeira oportunidade, ele vai apoiar o outro lado”.

Mendes foi fundamental para que Fávaro vencesse as eleições suplementares ao Senado. O governador deixou de apoiar o vice-governador Otaviano Pivetta para apoiar Fávaro.

“Não vou entrar muito nesse mérito [da traição], mas no mínimo é uma grande ingratidão, porque quando você ajuda muito uma pessoa, o mínimo que se espera é que essa pessoa seja grata a você”, disse.

“Se você ajuda um filho, você quer um dia, quando estiver velhinho, se você precisar, que esse filho te ajude. Se você ajuda um amigo, e um dia você precisar desse amigo, você quer que ele te ajude. A vida é assim, a ingratidão é algo que machuca e dói. Algo que todo ser humano não gosta”, completou.

Mendes também comentou a debandada de Neri. “Olha, ele escolheu o rumo dele, fez essa escolha, foi para o outro lado. Com relação ao Neri, não tenho nenhum compromisso com ele, e nem ele comigo, ele é candidato a senador, eu sou candidato a governador”, disse.

 

 

Fonte: MidiaNews

Posts Relacionados

Deixe uma resposta